ARGANIL: Câmara coloca 44 km de guardas metálicas em intervenção de 2,5 milhões na rede viária

Estão em curso as intervenções de reposição das condições da rede viária, fortemente danificada pelo incêndio que devastou grande parte do concelho de Arganil em Outubro de 2017. Entre os trabalhos de reparação que vão decorrendo nas estradas municipais, assume particular relevância a instalação de 44 km de guardas metálicas de protecção em zonas desprotegidas e de precipício, permitindo o reforço das condições de segurança rodoviária, agravadas pelo desaparecimento da vegetação.

A reparação das vias municipais e restituição da segurança rodoviária totalizam um investimento de mais de 2,5 milhões de euros, que decorre da candidatura da Câmara Municipal de Arganil ao Fundo de Solidariedade da União Europeia. Desta candidatura resultou a um montante elegível comparticipado de cerca de 3,5 milhões de euros.

Neste investimento destinado à recuperação da rede viária está, ainda, prevista a reposição da sinalização vertical e direccional e das marcas rodoviárias longitudinais contínuas ou tracejadas, proporcionando mais segurança e comodidade de circulação.

A reposição das camadas de pavimentação, de forma a garantir maior estabilidade das faixas de rodagem, fragilizadas pela passagem da maquinaria pesada utilizada no combate ao incêndio, depois de sujeitas a elevadas temperaturas, e a reparação de elementos de drenagem, para reverter a degradação e a instabilidade dos taludes e muros de suporte das vias municipais, estão igualmente contempladas nas empreitadas que se encontram a decorrer nas freguesias atingidas pelas chamas.

Há muito aguardado pela autarquia e pelos arganilenses, este apoio do Fundo de Solidariedade da União Europeia, “ainda que peque por tardia”, conforme sublinha Luís Paulo Costa, presidente da Câmara, “vem restabelecer as condições normais de circulação, contribuindo para a valorização do nosso território e para a tranquilidade dos nossos munícipes, utilizadores regulares destas estradas, e dos largos milhares de turistas que visitam o concelho e Arganil, especialmente nesta altura do ano”.

Relembre-se que o concelho de Arganil foi um dos concelho mais afectados pelos grandes incêndios de Outubro de 2017, contabilizando mais de 5,8 milhões de euros de prejuízos em equipamentos municipais, sinalética, vias rodoviárias, guardas metálicas de protecção, imóveis e estações de tratamento de águas residuais.