ÁZERE (Tábua): “Os Verdes” visitaram a antiga Mina de Urânio do Mondego Sul

DSCN8312_

Uma delegação do Partido Ecologista “Os Verdes” que integrou o dirigente nacional Miguel Martins, e Paulo Coelho (deputado Municipal do PEV na Assembleia Municipal de Coimbra), visitou ontem, dia 19, em Ázere (Tábua) a antiga Mina de Urânio do Mondego Sul. Na visita participou também o deputado da CDU, Manuel Sarmento, eleito na Assembleia Municipal de Tábua.

As minas de urânio desactivadas há quase três décadas recorde-se, encontram-se a céu aberto com um risco elevado devido à contaminação das águas, das areias e resíduos provenientes dos escombros, poderem estar radioactivos pelo minério explorado nesta mina, constituem um risco elevado para o ambiente e para a saúde pública.

«Grave ainda por esta antiga exploração de minério, constituir actualmente uma lagoa de cor esverdeada, situada a escassos metros da barragem da Aguieira, pressupondo que haja a passagem destas águas para a própria albufeira, por exemplo através de infiltrações ou aquando do aumento da cota. As próprias águas pluviais que escorrem sobre os escombros são direccionais ao Rio Mondego, sem que haja qualquer tratamento», alertam.

A área mineira de Ázere, serve actualmente também para depositar resíduos domésticos, (…) «foi possível observar que algumas escombreiras, eventualmente contaminadas, estão a ser retirados e levados para outros locais, aparentemente por particulares, aumentando o risco de contaminação através da propagação de partículas radioactivas», sublinham.

Mais desenvolvimento na Edição em papel ou AQUI