COJA: Júnior e Matilde nasceram a bordo de ambulâncias dos Bombeiros

Foto: Cortesia dos Bombeiros Voluntários de Coja

Com a diferença de dois dias, o Júnior e a Matilde não quiseram esperar pela chegada à maternidade e nasceram a bordo de ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Coja, na madrugada e manhã dos dias 11 e 13 de Fevereiro.

Primeiro foi o Júnior, cujos pais residem na vila de Coja, que se antecipou e nasceu na madrugada do último sábado (2H15) na zona do Machorro (Coja). Prontamente assistido pelos bombeiros Pedro Alexandre Ferreira Rodrigues e Diogo Miguel Fernandes Bento, que efectuaram o parto, com o apoio da SIV (Suporte Imediato de Vida) de Arganil. Depois de estabilizada, Ana Margarida de Jesus Coelho foi transportada à Maternidade Daniel de Matos (Coimbra), encontrando-se mãe e bebé de boa saúde.

Na segunda-feira, pelas 11 horas, foi a vez de a Matilde trocar as voltas aos Bombeiros e nascer já a caminho de Coimbra, na zona de Penacova, em pleno IP3.

Também aqui, as bombeiras do Corpo de Bombeiros de Coja, Filipa Isabel Martins Basílio e Joana Patrícia Abrantes Dias, agiram prontamente, e com o auxílio da VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação) do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Vera Lúcia Cruz Fernandes, de Barril de Alva, seguiu para a Maternidade. Segundo informações recolhidas junto do 2.º Comandante dos Bombeiros de Coja, mãe e filha encontram-se igualmente bem.

Pedro Joaquim disse à A COMARCA que apesar de ser uma situação para a qual os bombeiros recebem formação (…) «é sempre bom saber que os nossos elementos, para além da abnegação, dão mostras de profissionalismo que é necessário nestas ocasiões».