LOUSÃ: “História conta Histórias” teve também o contributo de A COMARCA

No sábado, na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, foi inaugurada a exposição “História conta Histórias – Fábrica da Companhia do Papel do Prado”, para a qual e como referido, também A COMARCA deu a sua colaboração com a recolha de notícias publicadas nas suas páginas sobre as actividades e esta fábrica de papel que, como disse o vereador da Cultura, Carlos Seco, “é a mais antiga de Portugal, em laboração contínua, tendo tido existência mais formal em 1714, no reinado de D. João V”.

Com a organização da exposição “História conta Histórias – Fábrica da Companhia do Papel do Prado”, a Câmara Municipal pretendeu “promover o conhecimento, valorizar o passado e contribuir para a compreensão da história local e da história da arqueologia industrial dos séculos XVIII, XIX e XX da Lousã”, como referiu ainda Carlos Seco, porque “para a Lousã há um tempo antes e um tempo depois da construção da Fábrica”.

 Mais desenvolvimento na Edição em papel ou AQUI