OLEIROS (Região): Floresta e Reabilitação Urbana em destaque no orçamento

O orçamento para 2017 foi aprovado em sessão de Assembleia Municipal no passado dia 28 de Novembro, com o valor de cerca de 11 milhões de euros cujo enfoque recai sobre as áreas da floresta e da reabilitação urbana.

A exemplo do ano transacto, a Protecção Civil e a Floresta continuam a ser uma preocupação deste executivo que prevê uma verba de cerca de 413 mil euros para esta área. Surgem com principal destaque, a beneficiação e manutenção da rede viária florestal, o apoio financeiro prestado à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Oleiros, fundamental no combate ao flagelo dos incêndios, e ainda à Associação de Produtores Florestais. Deste modo será possível manter o trabalho de limpeza dos caminhos florestais, manutenção dos pontos de água e melhorar o acesso às áreas florestais, requisitos essenciais para uma melhor reorganização e preservação da floresta.

A reabilitação urbana representa este ano uma grande aposta conforme noticiado em Novembro. A Câmara Municipal de Oleiros vai investir cerca de 1,5 milhões de euros até 2018 em obras de reabilitação urbana, sendo parte deste valor através de projectos co-financiados no novo Quadro Comunitário (Pactos para Desenvolvimento e Coesão Territorial), Investimentos territoriais integrados, Planos de Acção para regeneração urbana entre outros. Estes últimos incluem a qualificação de espaço público – Parque de Feiras e Mercados – , a qualificação e modernização de espaço público – Devesas Altas – e ainda a qualificação e modernização da envolvente do Largo da Igreja Matriz.

O apoio à Educação mantém-se como um pilar essencial correspondente à verba de cerca de 460 mil euros que garantem os transportes escolares gratuitos para todos os alunos, refeições escolares gratuitas para crianças do 1.º ciclo e para alunos com agregado familiar com problemas económicos, actividades de enriquecimento curricular, manuais escolares gratuitos para todos os alunos do concelho desde o 1º ao 12º ano e ainda as obras de beneficiação da escola básica do 1.º ciclo e jardim-de-infância do Estreito. Existe ainda uma candidatura aprovada no valor de 805.120€ para acções integradas de promoção do sucesso escolar de Oleiros.

A acção social mantém verbas para o programa Oleiros Jovem, no âmbito do incentivo à fixação da população através do apoio à natalidade e o apoio à 1.ª infância a casais jovens, a atribuição de bolsas de estudo, o apoio à recuperação de habitações degradadas e apoio nas despesas com saúde.

Realce ainda para o sector da indústria e energia com uma dotação de 75 mil euros para intervenções no âmbito da eficiência energética em Oleiros, Estreito, Orvalho e ainda no Complexo das Piscinas Municipais de Oleiros.

De realçar que o Município tem mantido apostas nas mais diversas áreas de atuação que dignificam Oleiros e as suas gentes por exemplo em termos culturais e turísticos que ao longo de todo o ano enriquecem os oleirenses com produtos culturais de excelência e para os que nos visitam com uma aposta na divulgação da gastronomia, das paisagens, do alojamento e de tudo o que o nosso concelho tem para descobrir. É também desta forma, em conjunto com todas as medidas enunciadas que se procura combater a sazonalidade inerente à localização de Oleiros, tornando-o um local atractivo para residir 365 dias por ano, com uma qualidade de vida crescente e um futuro sustentável.