ÚLTIMA HORA: Projecto de execução do IC6 entre Tábua e Oliveira do Hospital será lançado até Julho

Em nota de imprensa divulgada hoje e a que a Lusa teve acesso, a Infraestruturas de Portugal diz que, “ponderados os dados de procura de tráfego, condicionalismos técnicos e disponibilidade financeira, foi decidido avançar numa primeira fase com o desenvolvimento do troço entre o Nó de Tábua e o Nó da Folhadosa (Seia) numa extensão de cerca de 19 quilómetros, num investimento estimado em cerca de 38 milhões de euros”.

A informação disponibilizada pela Infraestruturas de Portugal (IP) recorda que na cerimónia de assinatura do contrato de empreitada de requalificação da Estrada Nacional 17, realizada no dia 06 de Janeiro, em Oliveira do Hospital, foi anunciado publicamente pelo Governo que a IP “iria dar continuidade ao IC6, promovendo o desenvolvimento do respectivo projecto de execução”.

“Tendo em consideração o avultado investimento que a construção integral do IC6 representaria, a IP avaliou a possibilidade de faseamento do empreendimento, permitindo uma solução financeira e tecnicamente sustentável”, lê-se na informação enviada à agência Lusa.

Esta análise “teve por base o estudo prévio do IC6/IC7/IC37, cujo faseamento previu, à data, a divisão do lanço final do IC6 em dois troços, um entre Tábua e Oliveira do Hospital (EN17/IC7 – Nó da Folhadosa), e o seguinte, a partir deste nó até à Covilhã”.