ARGANIL | DESPORTO | DIVISÃO DE HONRA (FASE DE MANUTENÇÃO): Resultado aceitável, embora castigando os locais

A. A. Arganil, 1- Académica/SF, 1

Iniciou-se a partida em alta velocidade, o que viria a acontecer em grande parte do prélio, com os locais logo aos dois minutos a ganharem o 1.º canto.

Aos 8 minutos, Lincoln dentro da área e em esforço consegue dar para Rafael Freitas que atira ao lado.

Aos 9 minutos, ganham os locais o segundo canto da partida, e passados 8′, depois de boa jogada, Vítor Nascimento remata em jeito, lado esquerdo junto ao bico da grande área com o esférico ainda a tocar na barra.

Continuam os arganilenses a carregar, não sem os visitantes darem resposta mas sem nada de grande registo e, aos 21′ Alex «foge» da sua área e serve Lincoln que remata forte mas quase à figura de Diego. Dois minutos depois é Rafael Freitas que remata à figura do guardião academista.

Aos 25′, surge o primeiro canto a favor dos conimbr1censes que, marcado por Hugo, a bola vai directamente para fora.

Dois minutos depois, novo canto para os visitantes, com Alex em grande estilo a aliviar de cabeça para fora da sua área.

Depois de ligeiro ascendente dos homens de Coimbra, aparece lesionado a meio campo Neves, que tem de ser substituído por Monteiro.

Reagem de novo os arganilenses e, aos 39 minutos Alex serve bem Lincoln que lateraliza para Rafael Freitas que chega um tudo-nada atrasado e o esférico chega fácil às mãos de Dhiego.

Dois minutos volvidos ganham os anfitriões mais um livre sobre o lado esquerdo e no enfiamento da grande área que, depois de marcado para perto da pequena área a bola é aliviada de qualquer maneira.

Quando se adivinhava o nulo ao intervalo, surge o golo forasteiro: depois de boa jogada local o guardião de Coimbra sai fora da sua grande área, antecipando-se e atira forte em balão, apanhando Bandeira distraído e adiantado que deixando bater a bola à sua frente não conseguiu evitar o golo e assim fez o 0-1, resultado com que as equipas foram para o descanso.

Reinicia-se a partida e aos 4 minutos a Académica ganha o primeiro canto deste segundo tempo, com a bola a ser aliviada para fora da área e Bruno Sousa a rematar ligeiramente ao lado.

Aos 7′, amarelo para Artur Silva. Tentam a todo o custo os arganilenses empatar a partida e aos 8, 10 e 13 minutos ganham três cantos.
Aos 14 minutos, sai Filipe Rosa e entra Filipe Rodrigues, nos locais.
Aos 16′, depois de bom cruzamento do lado esquerdo, aparece Filipe Rodrigues em boa posição quase na pequena área mas a rematar por cima da baliza de Diego.

Ripostam os forasteiros e depois de boa jogada aparece Pedro Fonseca em frente de Bandeira mas a rematar sem perigo.

Voltam à carga os locais querendo a todo o custo empatar a partida e, aos 20 minutos ganham mais um livre frontal a 3/4 metros da meia lua. Remata Rafael Freitas mas para as mãos de Dhiego.

Aos 27 minutos, sai Fabrício e entra Ricardo Baptista. Aos 31 minutos, mais um canto para os locais.

Reagem os visitantes e, aos 35 minutos, depois de boa jogada Pedro, à meia volta e frontal, perto da meia lua, atira forte mas por cima da baliza de Bandeira.

Aos 38′, saem Pedro e Hugo e entram Júlio e Pedro Ventura, nos academistas.

Mais que merecido, surge aos 39 minutos o golo do empate: depois de jogada a alta velocidade pela direta, a bola é desviada para canto. Marca Rafael Freitas, largo e Vítor Nascimento de cabeça e já sem grande ângulo e perto do bico da pequena área faz o 1-1. Belo golo.
Aos 40 minutos, amarelo para Zé Guilherme.

Daqui até final, de registar: aos 43′ um canto para Académica; 44′, sai Zé Guilherme e entra Ayron, nos locais; aos 45, canto para os locais; e aos 47, Filipe Rodrigues atira com algum perigo mas por cima da barra da baliza de Diego.

Fazendo uma breve análise a esta partida e aceitando o resultado, achamos que a haver um vencedor teria que ser a Associação local. O que mais nos impressionou neste jogo, nem sempre bem jogado, foi a entrega de todos os jogadores e a velocidade com que se jogou na maior parte do tempo.
Boa arbitragem.

A. A. Arganil, 1- Académica/SF, 1

Campo Dr. Eduardo Ralha Assistência: cerca de 100 espectadores

Árbitro: Diogo Neves | Auxiliares: Gabriel Oliveira (bancada) e Pedro Oliveira

Resultado ao intervalo: 0-1

Amarelos: Jorge Gouveia (17’), Fabrício (50’) e Ricardo Batista (57’)

Golos: Dhiego (43’) e Vítor Henriques (85’)

A. A. ARGANIL: Bandeira; Zé Guilherme, Gil, Alex e Vítor Nascimento; Mateus, Adriano, Fabrício e Filipe Rosa; Lincoln e Rafael Freitas

Treinador: Paulo Salvado

ACADÉMICA/SF: Dhiego; Luís Raposo, André, Bruno e Neves; Guilherme, Pedro, Artur Silva e Bruno Sousa; José Silva e Hugo

Treinador: João Gabriel Ribeiro