GÓIS: Crise política na Câmara Municipal

GEDC1908

Depois da presidente, Maria de Lurdes Castanheira, ter destituído, por seu despacho, José Rodrigues das funções de vereador em permanência, foi tudo menos pacífica a última reunião de Câmara, realizada no passado dia 10, no salão nobre dos Paços do Município.

Como seria de esperar. E embora seja uma competência da presidente da Câmara retirar ou atribuir pelouros, como reconheceu o vereador da oposição Diamantino Garcia, mesmo assim “tem a obrigação de nos explicar porque é que o faz”, considerando “que a forma como o fez é incorrecta”, com incorrecto é fazer “considerações graves à pessoa do vereador José Rodrigues e, mais grave, na sua ausência”, como aconteceu, ainda com o público presente, numa das últimas reuniões de Câmara. E isto, afirmou, “não dignifica nada Góis e a presidente de Câmara”.

Mais desenvolvimento na Edição em papel ou AQUI